Dr Wilson Novaes

Ginecomastia

Ginecomastia é o nome dado ao desenvolvimento excessivo do tecido da região mamária masculina, ocorrendo nas fases de mudanças hormonais do homem (infância, adolescência e velhice) sem nenhuma patologia de base na maior parte dos casos.

A técnica cirúrgica depende do tipo de ginecomastia e de sua severidade. Várias técnicas podem ser utilizadas separadamente ou em combinação: lipoaspiração, retirada do excesso de tecido glandular através de uma incisão na aréola ou próxima a ela, e mastoplastia redutora (nos pacientes com excesso de pele).


Ficha Técnica

Nome técnico: Tratamento Cirúrgico da Ginecomastia

Idade recomendada: após a adolescência, quando cessar o crescimento

Anestesia: local com sedação

Duração da cirurgia: em média 1h30

Permanência no hospital: aproximadamente 8 horas

Cicatriz: no contorno da aréola em meia lua, quase imperceptível

Pré-operatório: exames de laboratório, eletrocardiograma, radiografia de tórax e ultrassonografia de mama

Pós-operatório: uso de cinta de compressão e sessões de drenagem linfática

Tempo de recuperação: 1 a 2 semanas

Dica: evitar esforços físicos com os braços.