Dr Wilson Novaes

Lifting Frontal

Lifting Videoendoscópico Frontal

A cirurgia videoendoscópica tem sido empregada com sucesso para levantar a expressão facial. Em relação ao lifting frontal (região da testa) tradicional, a cirurgia videoendoscópica apresenta vantagens bem definidas. Enquanto na primeira a incisão é ‘bicoronal’, ou seja, tem o formato de um fone de ouvido, tendo início na porção do couro cabeludo logo acima de uma das costeletas e se estendendo até a costeleta contra-lateral, a videoendoscópica necessita apenas entre três e cinco pequenas incisões.

A cirurgia é realizada através de pequenas incisões que ficam escondidas no couro cabeludo. Com auxílio do endoscópio, que se assemelha a uma caneta com uma câmera na ponta, conectado a um monitor de TV, é possível a visualização das estruturas sob a pele. Com o auxílio de instrumentos específicos são tratados os músculos e reposicionados os tecidos da fronte (testa), promovendo uma aparência mais jovial e agradável.

O aspecto involuntário da testa franzida, muitas vezes decorrente do processo natural do envelhecimento, é corrigido através desta cirurgia.

A recuperação da cirurgia videoendoscópica também é mais rápida quando comparada à cirurgia convencional.


Ficha Técnica

Nome técnico: Lifting Frontal

Parte do corpo: testa

Idade recomendada: a partir dos 45 anos

Anestesia: local com sedação ou geral

Duração da cirurgia: em média 2 horas

Permanência no hospital: 24 horas

Cicatriz: imperceptível, fica escondida no couro cabeludo

Pré-operatório: exames laboratoriais, eletrocardiograma, radiografia de tórax, eco-doppler de carótidas e sessões de drenagem linfática preparatórias

Pós-operatório: curativo compressor e sessões de drenagem linfática

Tempo de recuperação: 8 a 12 dias

Dica: esta cirurgia pode ser associada ao lifting da face, a cirurgia das pálpebras e ao lifting de sobrancelhas.